sexta-feira, 23 de junho de 2017

BRASIL - PF realiza operação para buscar 149 joias de Adriana Ancelmo no Rio

A Polícia Federal realizou buscas em dois endereços ligados a Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), na manhã desta sexta-feira (23). A ação é um aprofundamento da Lava Jato. O objetivo era localizar 149 de um total de 189 joias que teriam sido compradas para lavar dinheiro de corrupção. O resultado da operação ainda não foi divulgado.

Cabral está preso desde novembro do ano passado, quando foi alvo da Operação Calicute. Até o momento, as investigações levaram à apreensão de 40 joias no apartamento do ex-governador, que foram avaliadas em R$ 2 milhões. O objetivo, agora, é encontrar as outras peças.

Segundo as investigações, joias e pedras preciosas compradas pelo casal são, sim, prova de crime. Adriana e Sérgio gastaram mais de R$ 11 milhões em joalherias, e a maioria das peças ainda não foi encontrada.

Nenhum comentário: