quinta-feira, 4 de maio de 2017

MACAU - Prefeito permanece confiante no desenvolvimento industrial do município

Ao participar de uma solenidade na Governadoria, no início da tarde desta quarta-feira, 03, onde estiveram presentes, além do Governador Robinson Faria, representantes do grupo empresarial chinês Chint Eletrics, o prefeito de Macau Túlio Lemos chegou a oferecer terrenos e infra-estrutura para receber a fábrica de placas fotovoltaicas na sua cidade, mas a preferência ficou para o município de Extremoz, na Grande Natal, devido a sua proximidade com o Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante.

Desde que se deslocou até a China na missão de conquistar investimentos empresarias para o Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria deixou transparecer que o município de Macau poderia ser o beneficiado com a empresa que viria fabricar placas fotovoltaicas no município. Agora, ao receber a missão, o governador tomou conhecimento da decisão dos empresários chineses, que alegando melhores condições de logística, vão levar a indústria para o município de Extremoz.

Confiança
Apesar dessa decisão não ser a notícia mais esperada, o prefeito Túlio Lemos se mantém confiante: “Fizemos a nossa parte e sabemos que Macau não foi a cidade escolhida para instalação desse empreendimento em razão de sua posição geográfica. Temos certeza de que outros investimentos virão por conta de nossa potencialidade de recursos naturais, como o sal, calcário, gás, petróleo, a pesca, bons ventos e o sol, que impulsionarão o desenvolvimento do município, que já está sendo preparado para receber os investimentos”, concluiu. 

Nenhum comentário: