quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

BRASIL - Petroleiros e Petrobras retomam negociações sobre acordo coletivo

A Petrobras e a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que reúne a maior parte dos sindicatos de funcionários da estatal, se reuniram nesta quinta-feira e decidiram retomar as negociações sobre o acordo trabalhista de 2016. 

O coordenador-geral da FUP, José Maria Rangel, disse à Reuters que a reunião foi para apresentar ao setor de Recursos Humanos as demandas da categoria. Dentre elas, os sindicatos querem a prorrogação do atual Acordo Coletivo de Trabalho até 31 de agosto de 2018 e a reposição integral da inflação nos salários.

A empresa chegou a propor opção de redução da jornada diária de trabalho de 8 para 6 horas, mediante redução de 25 por cento da remuneração, para empregados em horário flexível e sem função gratificada. E ofereceu um reajuste salarial abaixo da inflação de 2016. Após a aprovação da greve, a Petrobras chegou a pedir uma mediação ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), como forma de buscar avanços nas discussões, mas que foi negado.

Nenhum comentário: