terça-feira, 24 de janeiro de 2017

BRASIL - Cerca de 200 presos fogem de centro de detenção em Bauru (SP)

Uma rebelião no Centro de Progressão Penitenciária (CPP3) "Prof. Noé de Azevedo", em Bauru (349 km de São Paulo), resultou na fuga de cerca de 200 detentos na manhã desta terça-feira (24). A unidade prisional tem capacidade para 1.124 presos do regime semiaberto, mas, atualmente, abrigava 1.427. É a primeira rebelião do ano em presídios paulistas, segundo sindicatos de trabalhadores dessas unidades.

A SAP (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária) não forneceu um número oficial de presos que fugiram, nem quantos foram recapturados. Segundo o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar), no entanto, a estimativa é de ao menos 200 fugitivos. A rebelião começou por volta das 8h. 

Em nota das 11h45, a SAP disse que "a situação já está controlada, e o Grupo de Intervenção Rápida, formado por agentes de segurança penitenciária, está junto com a PM realizando a contagem dos presos, pois alguns deles aproveitaram-se da confusão para evadir-se do presídio".

O texto diz ainda que não houve reféns e que " parte dos evadidos já foi recapturada e será levada ao Centro de Detenção Provisória de Bauru".

Nenhum comentário: