quarta-feira, 2 de agosto de 2017

POLÍTICA - Câmara barra denúncia contra Temer

Os deputados da base aliada conseguiram, nesta quarta-feira os votos necessários para barrar a denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. 

Contando uma abstenção, dez ausências e 161 votos favoráveis ao arquivamento,  Temer conseguiu os 172 para impedir que seja julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

Com a decisão,  a denúncia contra Temer por este crime só poderá ser eventualmente analisada apos o peemedebista  deixar o cargo.
 
A primeira sessão na Câmara dos Deputados iniciou às 9h e foi encerrada as 14h. Logo em seguida, foi aberta uma nova sessão, que atingiu quórum para votar a denúncia 15h30. Após várias tentativas de obstrução da oposição, a votação começou efetivamente por volta das 18h30.

Os deputados votavam por aceitar a denúncia ou rejeitar o prosseguimento da denúncia. Para o Supremo Tribunal Federal julgar a acusação da Procuradoria Geral República,  é necessário o aval da Câmara.  Ainda há duas outras acusações para PGR apresentar à Câmara.

Nenhum comentário: