destaque

destaque

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

MUNDO - Presidente do Equador retira todas as funções de seu vice

O presidente do Equador, Lenín Moreno, decretou nesta quinta-feira a retirada de todas as funções de seu vice-presidente, Jorge Glas, na primeira crise registrada em seu governo.

No poder desde 24 de maio, Moreno retirou mediante decreto as responsabilidades de seu companheiro de chapa, após as severas críticas lançadas por ele na véspera.

“Derrogue o decreto […], retirando assim todas as funções atribuídas ao vice-presidente da República”, assinala o texto.

No entanto, a decisão não implica na destituição de Glas, que enfrenta uma onda de acusações de corrupção por parte de opositores, incluindo sua suposta relação com o caso Odebrecht.

Glas, vice-presidente desde 2013, publicou nesta quarta-feira uma dura carta com uma longa lista de reprovações contra o presidente, alinhando-se com o ex-presidente Rafael Correa na briga que fissura o governo.

Moreno, que na véspera pediu unidade a suas fileiras, afastou Glas de suas funções à frente da milionária reconstrução das zonas arrasadas pelo terremoto de abril de 2016, que deixou mais de 600 mortos.

Nenhum comentário: