destaque

destaque

sábado, 15 de julho de 2017

POLÍTICA - 'Enquanto MP não provar nada, vou continuar andando por esse país', diz Lula

O ex-presidente Lula voltou a contestar a sentença do juiz Sergio Moro, que determinou sua condenação no caso do tríplex do Guarujá, e a se apresentar como candidato à presidência em 2018, durante evento neste sábado. Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em evento de posse da direção do Partido dos Trabalhadores (PT) de Diadema, em São Paulo, Lula reafirmou que a única prova que existe no processo é de sua inocência. "Se o MP Ministério Público provar algum contrato, alguma assinatura, algum cheiro meu naquele apartamento, eu peço desculpas a vocês. Enquanto isso, vou continuar andando por esse País. Se vou ser candidato ou não, é outra história."

Nenhum comentário: