destaque

destaque

segunda-feira, 19 de junho de 2017

TECNOLOGIA? - Novo notebook da Microsoft só pode ser aberto destruindo o produto

A Microsoft chamou a atenção recentemente com a apresentação do Surface Laptop, um notebook que chama a atenção pela elegância, desempenho e espessura mínima. Agora que o laptop começou a chegar às mãos do público, um fato desagradável sobre o produto foi percebido: ele é praticamente impossível de consertar sem antes ser destruído.

Segundo o site iFixit, que faz a tradicional desmontagem de praticamente todos os produtos tecnológicos de maior notoriedade, o Surface Laptop ganha a nota 0 em reparabilidade em uma escala de 0 a 10. Isso nunca havia acontecido antes, com a nota mínima chegando apenas a 1, com todos os outros Surfaces Pro lançados anteriormente e o celular HTC One de 2013.

O grande problema do Surface Laptop é que ele não parece ter sido pensado para ser reparado, e até mesmo a assistência técnica oficial da Microsoft deve ter problemas com isso. Ele é totalmente montado com cola, sem qualquer tipo de parafuso que facilite a soltura das peças. No processo de desmontagem, chegou a ser necessário o uso de estilete para poder acessar a parte interna do dispositivo, o que não é um bom sinal; é muito provável que isso nunca mais volte ao lugar como antigamente.

A Microsoft chamou a atenção recentemente com a apresentação do Surface Laptop, um notebook que chama a atenção pela elegância, desempenho e espessura mínima. Agora que o laptop começou a chegar às mãos do público, um fato desagradável sobre o produto foi percebido: ele é praticamente impossível de consertar sem antes ser destruído.

Segundo o site iFixit, que faz a tradicional desmontagem de praticamente todos os produtos tecnológicos de maior notoriedade, o Surface Laptop ganha a nota 0 em reparabilidade em uma escala de 0 a 10. Isso nunca havia acontecido antes, com a nota mínima chegando apenas a 1, com todos os outros Surfaces Pro lançados anteriormente e o celular HTC One de 2013.

O grande problema do Surface Laptop é que ele não parece ter sido pensado para ser reparado, e até mesmo a assistência técnica oficial da Microsoft deve ter problemas com isso. Ele é totalmente montado com cola, sem qualquer tipo de parafuso que facilite a soltura das peças. No processo de desmontagem, chegou a ser necessário o uso de estilete para poder acessar a parte interna do dispositivo, o que não é um bom sinal; é muito provável que isso nunca mais volte ao lugar como antigamente.

Reprodução

Para completar, de forma não-surpreendente, o notebook tem o SSD e a memória RAM soldadas diretamente na placa-mãe, então não é possível ter qualquer ilusão de melhorar o Surface Pro com mais espaço ou mais memória.

E é só depois de tirar a placa-mãe do computador que é possível acessar a bateria. Tradicionalmente, a troca de bateria é um dos reparos mais comuns em laptops, seja por defeito, seja por desgaste. No entanto, além de ser necessário destruir o invólucro externo para acessá-la, também é necessário tirar todos os componentes internos do caminho para acessá-la, aumentando a chance de que mais coisas sejam quebradas no processo.

Assim, o Surface Laptop deve ser comprado com a certeza de que ele provavelmente nunca poderá ser consertado se apresentar defeito. Ele ainda pode ser um bom produto de consumo, mas as limitações de reparabilidade também fazem com que ele seja altamente descartável.

FONTE: Olhar digital

Nenhum comentário: