destaque

destaque

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

ESTADO - Robinson anuncia fechamento do presídio de Alcaçuz

Depois de perder o controle do presídio estadual de Alcaçuz para os próprios detentos da unidade prisional, o governador Robinson Faria anunciou que será desativado em breve. Em release enviado a imprensa, o fim das operações ocorrerá tão logo as prisões de Ceará-Mirim, Afonso Bezerra e Mossoró estejam prontas. medidas que, segundo o governo serão de médio e longo prazo. Depois de prontas, as  prisionais terão capacidade para concentrar cerca de 2.200 apenados.

Um detalhe para acrescentar: o presidio estadual que deverá ser construído em Afonso Bezerra, fica mais próximo da cidade de Alto do Rodrigues do que Afonso Bezerra.

Ainda na reunião foram tratados temas como a fixação do muro de contêineres marítimos que separa os pavilhões 1, 2, 3 das alas 4 e 5, realidade que impede um novo conflito entre facções e que garante a retomada do controle do presídio pelas forças de segurança. O muro dos contentores foi erguido em caráter emergencial uma vez que um muro feito concreto pré-moldado de 90 metros de extensão será erguido, com 6,40 metros de altura e 80 centímetros de largura. Além disso, será feita a concretagem do perímetro externo de Alcaçuz para evitar fugas.

Outras medidas adotadas em Alcaçuz serão a construção de uma cerca perimetral situada a 50 metros do muro paras evitar que sejam projetados materiais ilícitos para dentro do presídio, bem como será instalada uma iluminação especial para a parte externa do presídio. Até o final da semana, deverá ser assinado um termo para contratação de 50 módulos habitáveis para alocar os detentos. Cada unidade terá capacidade para 20 vagas, totalizando 1000 vagas em caráter emergencial em virtude da destruição parcial da estrutura do presídio. Os números mais recentes de Alcaçuz são de 56 fugitivos, 4 recapturados, 26 mortos e 10 feridos.

com informações da assessoria

Nenhum comentário: