destaque

destaque

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ESTADO - Maia assume que disputará reeleição e diz que oficializará candidatura nesta quarta

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu nesta terça-feira (31) ser candidato à reeleição e disse que oficializará a sua candidatura na quarta (1º). Ele pediu votos publicamente a deputados do PMDB durante uma reunião da bancada peemedebista. A eleição será realizada na quinta (2), mas, até então, Maia vinha conduzindo uma campanha informal atrás de votos apenas nos bastidores. Ele ainda não registrou a sua candidatura por conta de questionamentos na Justiça de adversários dele.

Eles argumentam que a reeleição na mesma legislatura é vedada (a atual termina em fevereiro de 2019). Maia, porém, alega que foi eleito em julho do ano passado para um mandato-tampão a fim de completar o mandato do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou ao posto. Assim como seu principal rival na disputa, Jovair Arantes (PTB-GO), Maia foi convidado para fazer um discurso aos peemedebistas, que se reuniram para definir quem irão apoiar.

Em sua breve fala, fez um balanço dos meses à frente da Câmara e afirmou que estava construindo uma candidatura na base do diálogo e concluiu: "Estou pedindo a cada um de vocês a reflexão, o voto". Ao deixar a reunião com o PMDB, Maia foi questionado por jornalistas se a sua candidatura era, então, oficial. “Estou colocando o meu nome, a decisão oficial é amanhã [quarta]. Se eu vim para uma reunião da bancada do PMDB, eu tenho que colocar o meu interesse de pleitear a presidência da Câmara”, afirmou.

Nenhum comentário: