destaque

destaque

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

ESTADO - AUDITORES FISCAIS DO RN AMEAÇAM PARALISAR ATIVIDADES

Categoria cobra retomada do pagamento dos salários em dia e deve votar indicativo de greve em assembleia geral, na próxima quarta (25), em frente à SET – Secretaria de Tributação do Estado

Os Auditores Fiscais do Tesouro Estadual do Rio Grande do Norte se reunirão na próxima quarta-feira (25) para discutir pauta de paralisação de atividades no mês de fevereiro. O movimento será em protesto aos recorrentes e excessivos atrasos no cumprimento da folha de pessoal do Poder Executivo, além da falta de publicação de um calendário de pagamento, o que vem causando diversos transtornos aos servidores.
“É preciso que o Governo priorize o pagamento dos salários dos seus servidores! Sabemos que o Brasil e o Rio Grande do Norte enfrentam uma grave crise econômica, com reflexos diretos na geração e circulação de riquezas, e por conseguinte na geração de receitas. Contudo, mesmo nesse cenário adverso, o Fisco Estadual do RN vem fazendo sua parte, proporcionando aumento de arrecadação ao Estado. No ano de 2016, a arrecadação do ICMS foi recorde e cresceu 8,5% em relação ao ano anterior, atingindo a cifra de R$ 4,9 bilhões”, destaca o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais – Sindifern, Pedro Lopes.
Os representantes do Fisco chamam atenção que os servidores do Executivo não são responsáveis pela atual crise financeira e, portanto, estão sendo injustiçados, pois amargam uma conta que não é deles.
“Os gastos com pessoal do Executivo desde 2010 evoluem no mesmo ritmo das receitas. O problema identificado pelo Fórum das Entidades Classistas, o qual integramos, foi o desequilíbrio noutros gastos. Desde outubro passado que a crise econômica tem exigido do Governo medidas austeras e efetivas, no sentido de regularizar as finanças e, por conseguinte, o calendário de pagamento, nos termos da Constituição do Estado do Rio Grande do Norte”, informa Pedro.
“Iniciamos 2017 com frustração de 30 dias de atraso na percepção dos salários de dezembro. Se nada for feito imediatamente, os atrasos aumentarão, tornando o cenário insustentável, o que poderá levar a um colapso total na prestação de serviço público no RN. Os Auditores Fiscais do RN chegaram no seu limite e exigem salários em dia já!”, finaliza Lopes.
A categoria foi convocada para uma assembleia geral extraordinária, que será realizada ao ar livre em frente à SET RN – Secretaria de Tributação, no Centro Administrativo, na próxima quarta-feira (25), às 9h. Na pauta está a deliberação sobre o movimento paredista e outras ações da categoria.

SERVIÇO:
Assembleia Geral do Fisco
Quarta-feira – 25/01/2017 – às 9h.
Local: Em frente à SET RN (Centro Administrativo do Estado).
Mais informações e contato para entrevistas: Pedro Lopes – Presidente do Sindifern – 99127-3902 – 99615-3898.

Nenhum comentário: