segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

ESPORTE - Treinador reaparece, mas polícia vai investigar sumiço e diz que há suspeita de extorsão

 
A tensão em torno de Marcelo Cabo chegou ao fim nesta segunda-feira. O treinador, às 15h48, voltou ao prédio onde mora, em Goiânia, sem lesões corporais aparentes e sem manchas de sangue. O tenente-coronel da PM-GO, Wellington Urzêda, detalhou em entrevista à Rádio 730, que o treinador tornou a sair do local onde mora pelo mesmo táxi: - Às 15h48, um táxi com o senhor Marcelo Cabo desceu e estacionou, voltou pra este táxi sete minutos depois. De acordo com o policial, as investigações quanto ao seu desaparecimento prosseguem. No momento, há suspeitas de extorsão: 

- Ele chegou sem manchas de sangue, não tem aparentemente lesões, inclusive foi cumprimentado por funcionários. Sabemos que ele está bem. As investigações agora se voltarão para saber se ele está sendo constrangido a sacar alguma coisa, ou sofrendo uma coação. Vamos investigar seus cartões para saber se houve saque. 

Não há informações sobre o carro com o qual o treinador saiu. Marcelo Cabo estava desaparecido desde a madrugada de sábado para domingo somente com o cartão de débito. O Atlético-GO chegou a registrar boletim de ocorrência sobre o caso.

Nenhum comentário: