destaque

destaque

terça-feira, 1 de novembro de 2016

ESTADO - Agripino defende a contenção de gastos para disciplinar as contas públicas

O senador José Agripino (DEM-RN) voltou a defender a PEC que limita os gastos públicos nesta terça-feira (1). O presidente nacional do Democratas destaca que aprovação da matéria é uma necessidade do Brasil para "arrumar a casa". 

Devido a um pedido de vista coletivo, a votação de hoje foi adiada. Entretanto, o relator da matéria na Comissão de Constituição e Justiça (CCH), senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), deu parecer favorável a PEC. O tema volta a ser debatido na próxima terça-feira (8). Democrata defende a contenção dos gastos. "Qual é a alternativa se não se votar a PEC 241? Aumentar imposto, sacrificar ainda mais a sociedade, e isso nós não vamos permitir. Deus nos livre de permitir à volta da escalada de aumento de impostos. Vamos conter os gastos e disciplinar as contas públicas do Brasil".

Agripino está otimista, e acredita que a votação da PEC será concluída antes do recesso parlamentar de dezembro.“O cronograma está feito, a determinação está tomada. No Senado haverá, com certeza absoluta, número suficiente para a aprovação. Além disso, o relator está determinado a cumprir os prazos e em fazer com que, em primeiro e segundo turno, essa matéria esteja votada antes do recesso de dezembro”.

Nenhum comentário: