terça-feira, 29 de novembro de 2016

ESPORTE DE LUTO - Colômbia revisa para 71 total de mortos em avião da Chapecoense

Membros da Força Aérea colombiana realizam resgate das vítimas do voo que transportava a equipe da Chapecoense, que iria disputar a final da Copa Sul-Americana, em Medellín, na Colômbia - 29/11/2016
As autoridades do governo colombiano declararam encerradas as buscas por vítimas do acidente com o avião da Chapecoense, ocorrido na noite desta segunda-feira na região montanhosa de Medellín, capital de Antioquia. O número oficial de mortos foi revisto para 71 das 77 pessoas a bordo. Anteriormente, a Aeronáutica Civil da Colômbia, órgão responsável pela investigação, falava em 75 vítimas fatais das 81 pessoas que estariam no avião, mas quatro passageiros brasileiros que constavam na lista de viajantes não embarcaram. Entre eles estão Luciano Buligon, prefeito de Chapecó (SC), Plínio de Nes Filho, dirigente da Chapecoense, Gelson Merisio (PSD), deputado estadual presidente da Assembleia Legislativa, e Ivan Carlos Agnoletto, jornalista.

A informação é da Unidade Nacional para Gestão de Risco de Desastres do país. Ao todo, eram 68 passageiros brasileiros (delegação da equipe que disputaria a final da Copa Sul-Americana, jornalistas e convidados) e nove tripulantes bolivianos da Lamia, empresa que operava voos fretados de Santa Cruz de La Sierra desde o ano passado, quando foi transferida da cidade de Mérida, na Venezuela. 

Todos os corpos foram resgatados em meio aos destroços da aeronave de fabricação britânica ou presos à fuselagem. Os seis sobreviventes haviam sido encontrados ao redor do local de queda, próximo a uma região fria de mata, o que sugere que foram arremessados com o impacto no solo. Foi necessário usar helicópteros, ambulâncias e um trator para remover árvores e retirar os corpos, turbinas e objetos que serão periciados das encostas do morro El Gordo, na região do município de La Unión. Participaram da operação a Força Aérea da Colômbia, Polícia Nacional, governo de Antioquia, prefeitura de Medellín e equipes de socorro. As buscas foram concluídas por volta das 15 horas, horário local.

Nenhum comentário: