destaque

destaque

terça-feira, 25 de outubro de 2016

ESTADO - Ceasa é tema de audiência pública na Câmara Municipal de Natal

Ceasa possui nove áreas de mercado permanente, divididos em 188 boxes (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)
A Câmara Municipal de Natal realiza na manhã desta terça-feira (25), a partir das 10h, uma audiência pública para debater o fechamento e a possibilidade de transferência, da capital potiguar para a cidade de Parnamirim, a sede da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa).

A iniciativa é dos vereadores Júlio Protásio (PDT), Luiz Almir (PR) e Aroldo Alves (PSDB). De acordo com levantamento da Associação de Atacadistas da Ceasa, o local abriga 470 empresas com CNPJ e gera 10 mil empregos diretos e indiretos. Após a Justiça determinar o fechamento da Ceasa por risco de contaminação - fato ocorrido no dia 17 - um acordo entre representantes do Poder Judiciário, Ministério Público e a direção da Ceasa garantiu que o espaço continue funcionando. O mesmo acordo determina que as adequações de higiene sejam concluídas em um prazo de seis meses.
"Estamos cumprindo com o nosso dever constitucional de discutir assuntos importantes para a população da cidade. A Ceasa é uma instituição fundamental para a economia natalense", justificou Luiz Almir.

Por sua vez, o vereador Aroldo Alves mostrou preocupação com os prejuízos econômicos e sociais caso seja confirmada a transferência do estabelecimento. "Vamos convocar Governo do Estado, Ministério Público e Associação dos Comerciantes para explicar o que está acontecendo". O vereador Júlio Protásio disse que o objetivo da audiência é trazer para o conhecimento público as justificativas do governo estadual para retirar a Ceasa da capital potiguar. "Como representantes do povo de Natal, temos que lutar até o fim para que a sede da Ceasa permaneça em nosso município", concluiu. G1RN

Nenhum comentário: