destaque

destaque

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

BRASIL - As 10 cidades que mais tiveram votos brancos e nulos no 2º turno

No segundo turno em Mauá (SP) mais de um quarto dos votos foram brancos ou nulos. Na cidade, a taxa de nulos foi de 20% a a de brancos, de 5,8%. O candidato Atila Jacomussi (PSB) foi eleito. São Bernardo do Campo (SP) foi a segunda cidade com o maior porcentual de votos não válidos -  com 17,7% de votos nulos e 5,3% de brancos. O empresário Orlando Morando (PSDB) foi eleito prefeito da quarta maior cidade do Estado de São Paulo.  O empresário Orlando Morando (PSDB) foi eleito prefeito de São Bernardo do Campo, quarta maior cidade do Estado de São Paulo. Além de pôr fim a oito anos de governo do PT no município, a vitória do deputado estadual é a primeira de um candidato tucano na cidade desde 1996, quando Maurício Soares foi eleito prefeito. Em Niterói (RJ), 18,1% dos votos foram nulos e 4,7%, brancos. A cidade reelegeu Rodrigo Neves (PV). Em Diadema (SP), foi reeleito Lauro Michels (PV). A cidade teve mais de um quinto dos votos anulados ou em branco, 21,8% - sendo 15,7% nulos e 6,1% brancos. Marcelo Crivella (PRB) foi eleito prefeito do Rio com 59,36% dos votos válidos e superou Marcelo Freixo (PSOL). A cidade registrou 15,9% de votos nulos e 4,2% de brancos.  Em Porto Alegre (RS), 13,4% dos votos registrados foram nulos e 5,7%, brancos. A cidade elegeu Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Em Ribeirão Preto (SP), o deputado federal Duarte Nogueira (PSDB) foi eleito com 56,9% dos votos válidos. A cidade registrou 14,3% de votos nulos e 3,4% de brancos.  Guarulhos (SP) foi a 10ª cidade com a maior taxa de votos nulos e brancos no segundo turno. A cidade, que elegeu Gustavo Henric Costa (PSB), teve 12,3% dos votos nulos e 5,2% de brancos. 

Nenhum comentário: