destaque

destaque

quarta-feira, 20 de julho de 2016

BRASIL - Câmara, Senado e Executivo terão agenda de consenso para enfrentar a crise

Acordo foi firmado em jantar no Palácio do Jaburu, na terça-feira (19), entre os presidentes da Câmara, do Senado e da República, Rodrigo Maia, Renan Calheiros e Michel Temer. Os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Rodrigo Maia e Renan Calheiros, anunciaram na noite de terça-feira (19), após jantar com o presidente interino Michel Temer, a disposição de votar uma agenda de consenso das duas Casas e do Executivo, com o objetivo de enfrentar a crise econômica do País. 

O jantar foi realizado no Palácio do Jaburu. Na saída, Rodrigo Maia e Renan ressaltaram que não há mais o clima de animosidade entre a Câmara e o Senado que impedia a votação de uma pauta consensual. Ele reafirmou que será possível realizar votações no segundo semestre, apesar da campanha eleitoral nos municípios: Segundo ele, a prioridade do Senado após o recesso será a votação da prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU), que permitirá, ao Executivo, usar livremente ate 30% da arrecadação federal. A matéria já foi aprovada pela Câmara.

Nenhum comentário: