destaque

destaque

sábado, 5 de março de 2011

 PENDÊNCIAS

Corpo de  Bombeiros interdita carnaval na cidade.


Pela declaração do SERTEN (Serviço Técnico de Engenharia) do Corpo de Bombeiros Militar, do dia 03 de março, o carnaval de Pendências está interditado, em virtude da prefeitura, não enviar em tempo, o projeto de segurança para o evento.

Ainda de acordo com a declaração assinada pelo chefe do SERTEN, Tenente-Coronel Luiz Monteiro da Silva Junior, caso a prefeitura não cumpra, interditando o evento, fica caracteriza crime de desobediência, capitulado no artigo 330 do Código Penal Brasileiro.

Carnaval na cidade acontece normalmente.

 Aniversariante do dia

Carlos da Fonseca Montenegro, no alto de seus cinquenta e poucos anos, Carlinhos, como é mais conhecido, festeja o sucesso do seu trabalho na Câmara Municipal, fazendo uma oposição séria e responsável ao prefeito municipal

Essa foto foi do ano passado, mas esse ano, o vereador recebe os amigos e admiradores do seu trabalho, na sua (dele) residência, para uma grande churrasco e depois seguir no mela-mela, logo mais.

 REGIONAL.


Nossas equipes estão divididas e em breve iremos mostrar os principais lances do que melhor acontece nas folias de Pendências, Guamaré, Macau, Afonso Bezerra e outras cidades.

quinta-feira, 3 de março de 2011

APODI

Tudo pronto para o carnaval 


Os foliões de Apodi já podem preparar os confetes e as serpentinas, O Corredor da Folia esta pronto. O carnaval da cidade tem tudo para ser um dos maiores carnavais da historia do município. A Prefeitura Municipal tem expectativa de concentrar cerca de 30 mil pessoas em cada noite de festa.
O tradicional Carnaval de Apodi vinha sendo realizada na BR-405, principal rodovia da região, nesse período a festa deixava a importante rodovia interditada durante todo o carnaval, mas esse ano acontecera no Calçadão da Lagoa do Apodi, garantindo assim mais segurança e espaço para os foliões. O tradicional arrastão foi mantido. A equipe organizadora da festa já montou todo o trajeto que saíram da frente da Associação Atlética Banco do Brasil seguindo ate o Calçadão da Lagoa, onde fica o novo Corredor da Folia.
O Carnaval 2011 cujo tema esse é “Vai ser Diferente”, contará com participação de 10 bandas. A festa será iniciada na sexta-feira a partir das 21 horas, com o Grito de Carnaval, no Corredor da Folia. No sábado (02), no inicio da tarde acontecera o primeiro arrastão.  A festa é realizada pela Prefeitura Municipal que garant6iu toda infra-estrutura como banheiros químicos, estacionamento, praça de alimentação, segurança.
A policia Militar vai montar plataformas de observação, em pontos estratégicos, onde tudo será monitorado pelos policiais, o que garante ainda mais segurança aos foliões. A estrutura contará ainda com mais de 50 camarotes. Vários refletores foram instalados para garantir a iluminação no Corredor da Folia.  
De acordo com a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura, em Apodi os hotéis e pousadas estão com seus apartamentos todos reservados, cerca de 400 casas foram alugadas. Informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico do Blog da Prefeitura do Apodi. http://www.apodiforte.blogspot.com ou pelo telefone (84) 3333:2123.
 Durante o dia o folião tem varias opções de lazer como a Barragem de Santa Cruz, Rio Apodi e clubes espalhados pela cidade e comunidades rurais. Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Clube Recreativo Água Cristalina do Oeste.
O carnaval de Apodi é considerado um dos melhores e maiores carnavais do Rio Grande do Norte, é esperado 100 mil pessoas nos cinco dias de festa.
De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Apodi, a grande preocupação da prefeita, Goreti Silveira Pinto é proporcionar conforto e segurança para todos os foliões que forem brincar o carnaval na cidade. Para isso, será feito um trabalho conjunto entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e mais de 50 seguranças particular contratados.
Foi montado na área do Calçadão um Posto de Atendimento Médico Emergencial, que terá médicos e uma ambulância à disposição dos foliões e um Posto Policial. “Faremos uma grande festa, mas não podemos descuidar do bem estar de cada pessoa que estiver no carnaval”, comentou a prefeita Goreti Pinto.
Os mais de 50 camarotes que foram colocados a venda já foram vendidos em menos de uma semana.
Entre as bandas que vão animar o carnaval de Apodi estão Saia Elétrica, Bonde do Maluco, Banda Grafhit, Banda Inala, Thabata, Rafaela Maville, Bakulejo, Tabakana, Janilson e Metal Urbano, Swing Arretado e Banda Remelexo. “Estamos preparando um carnaval para que os foliões e principalmente as famílias possa festejar conosco uma festa com segurança, estrutura e muita alegria. Queremos que essa festa cresça em número e qualidade a cada ano”, afirmou a prefeita.

Segurança
Policiamento de Apodi terá cerca de 100 homens para garantir segurança dos foliões

Os comandos das polícias Civil e Militar de Apodi já estão com tudo planejado para garantir a segurança dos foliões durante os quatro dias de carnaval.
Mesmo sendo conhecido por ter um dos carnavais mais tradicionais e tranqüilos do Rio Grande do Norte, que atrai milhares de foliões nos quatro dias. Desde o início da semana o delegado de Policia Civil, Clayton Pinho e o comandante da 3ª Companhia de Policia Militar sediada em Apodi, capitão Inácio Brilhante Filho, vem realizando varias operações tanto em Apodi como nas cidades vizinhas, com a finalidade de combater a presença de meliantes na cidade e nas estradas que dão acesso ao município.
De acordo com o comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar de Apodi, capitão Inácio Brilhante, o esquema de segurança para o Carnaval contará com policiais da Rádio Patrulha, Grupo Tático Operacional (GTO) e Rondas Ostensivas com Apoio Motorizado (Rocam), Policia Estadual de Transito, Policia Rodoviária Federal, Policia Civil, além de um reforço extra que será designado pelo 2º Batalhão da Polícia Militar em Mossoró. Ao todo são cerca de 100 policiais que reforçaram a segurança dos foliões apodienses.
As policias já vem realizando um trabalho ostensivo e preventivo nas estradas das cidades que pertencem à área da 3ª Companhia de Polícia Militar de Apodi como Felipe Guerra, Rodolfo Fernandes, Itaú, Severiano Melo e Caraúbas e policiamento em varias comunidades do Vale e Chapada do Apodi.
 Segundo o delegado, Claiton Pinho, a Polícia Civil, reforçará o plantão da Delegacia Municipal, no sentido de que os procedimentos que forem apresentados na delegacia, possam ser atendidos mais rapidamente. A Operação Oeste, unidade itinerante que atua na região, também reforçará a segurança em Apodi.
 As operações de abordagens em locais considerados críticos e as blitz de trânsito estão sendo realizadas diariamente por policiais militares da região Oeste, cujo objetivo é levar segurança para a população nos dias que antecedem as festividades carnavalescas.

CRIANÇA & ADOLESCENTE – Os membros do Conselho Tutelar e Agentes de Proteção vão trabalhar durante todo o período carnavalesco no sentido de garantir o combate a presença de menores de idade no Corredor da Folia.

TERCEIRA IDADE
Mais de 1.000 jovens da terceira idade caem na folia

Quem pensa que a Prefeitura do Apodi, conhecido pelos grandes carnavais esta preparando a festa de momo somente para a juventude, engana-se, pois cerca de 1.000 idosos caíram na folia nessa quinta-feira quando aconteceu a realização da festa para a escolha da rainha e do rei do carnaval da Terceira Idade.
Uma grande festa marcou a abertura do carnaval da terceira idade nesta quinta-feira na sede do Núcleo de Apoio do Idoso de Apodi. Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvido e Assistência Social a festa é se tornou tradição no município.
  Animados e dançando sem parar, os participantes provaram que empolgação é o que não falta para pular o Carnaval da Terceira Idade. O Governo Municipal através das Secretarias de Desenvolvimento e Assistência Social e de Turismo preparou a programação de carnaval para os grupos da terceira idade, beneficiados pelo Núcleo de Atenção ao Idoso de Apodi e os idosos que tem interesse em participar da grande festa. Os idosos terão dois dias de festa na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).
Para a prefeita, Goreti Silveira Pinto, a programação vai oferecer aos nossos idosos e a todos os usuários do Núcleo de Apoio ao Idoso mais uma opção de diversão, em um ambiente seguro, confortável e saudável. "Especialmente para os idosos, essa é uma oportunidade para que eles continuem a fazer as mesmas programações que faziam quando jovens", destaca a prefeita.
Segundo a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura do Apodi, a festa será animada pelas Bandas Remelexo Elétrico de Natal e Feras do Forro Elétrico e Chico de Elvira. Não será permitida bebida alcoólica. Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde fará plantão durante toda programação do evento.


PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE APODI
Sexta: 04/03
Banda Badalação – Apodi/RN (palco)
Banda Remelexo – Natal/RN (palco)
Swing Arretado – Apodi/RN (palco)

Sábado: 05/03
Banda Tabakana – Umarizal/RN (arrastão no trio)
Swing Arretado – Apodi/RN (palco)
Janilson e Metal Urbano – Apodi/RN (palco)
Banda Grafith – Natal/RN (palco)

Domingo: 06/03
Bonde do Maluco – Salvador/BA (arrastão no trio)
Swing Arretado – Apodi/RN (palco)
Janilson e Metal Urbano – Apodi/RN (palco)
Thábata – Mossoró/RN (palco)

Segunda: 07/03
Banda Inala – Mossoró/RN (arrastão no trio)
Janilson e Metal Urbano – Apodi/RN (palco)
Banda Badalação – Apodi/RN (palco)
Saia Elétrica (palco)

Terça: 08/03
Rafaela Manville – Fortaleza/CE (arrastão no trio)
Banda Inala – Mossoró/RN (palco)
Janilson e Metal Urbano – Apodi/RN (palco)
Banda Badalação – Apodi/RN (palco)
Banda Bakulejo – Mossoró/RN (palco)

Fonte: Assessoria
 ALTO DO RODRIGUES

Prefeitura quebra tradição e não haverá carnaval no municipio

É muito triste ver uma cidade, como Alto do Rodrigues, que estava na rota da folia, em franco desenvolvimento, em todas as áreas, se deparar com a notícia que não acontecerá festa de momo.
Há menos de 48h do início da maior festa popular do mundo, quem gosta da folia, já procura um destino para curtir o carnaval. O perigo, entre outras, é o risco de acidentes, pelas estradas da nossa região.

Retrô
Aos poucos vamos montando um quebra-cabeça, para entender o por quê do prefeito não ter feito carnaval. Em 2009, com as contas entregue (em dia)pela gestão passada, a prefeitura realizou um grande carnaval, no ano passado, já foi ficando mais fraco e, esse ano com a receita de mais de três milhões de reais, o prefeito municipal quebra a tradição e não realizará carnaval. Como diz o jornalista Boris Casoy "Isso é uma vergonha".

RECEITA ATULIZADA
Atualizamos a receita do município e não incluímos o ISS, que é pago pela Petrobrás. De acordo com informações, o ISS desse mês é cerca de R$ 500 mil reais. Isso mesmo, quase QUINHENTOS MIL REAIS.

Só esperamos que as obras apareçam no aniversário da cidade. Ainda vamos falar do saldo da cidade não realizar um carnaval.

 IPANGUAÇU

Com receita de quase R$ 2 milhões, prefeitura realiza carnaval com inauguração de complexo turístico.

O prefeito Leonardo Oliveira, demonstra que sabe utilizar bem as lições que aprendeu de administrar empresa e o poder público. Diferentemente de outras cidades que arrecadam milhõe$$$$$, o prefeito de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira, com uma receita de quase dois milhões, está realizando a festa do povo, além disso ainda vai inaugurar obra, em benefício da cidade, que trará desenvolvimento para toda a comunidade.

Na comunidade, a Prefeitura acabou de construir o primeiro complexo  turístico rural que esta localizada nas margens da lagoa de Ponta Grande, a segunda maior lagoa de água doce do estado do Rio Grande do Norte (RN).

Com a construção da obra, o governo municipal esta investindo com recursos próprios o valor global de R$ 55.348,51 (cinqüenta e cinco mil trezentos e quarenta e oito reais e cinqüenta e um centavos), com o objetivo de impulsionar o turismo no município.

 

A realização do carnaval em Ipanguaçu, também prevê a inclusão das comunidades rurais no plano de desenvolvimento do município, fazendo conhecer as belezas existentes nos mais distantes recantos.

quarta-feira, 2 de março de 2011

 ALTO DO RODRIGUES

Sessão da Câmara Municipal.


Foram aprovados os sequintes requerimentos:
Nº 01/2011 do vereador Nixon da Silva Baracho (DEM), onde solicita informações sobre a criação da guarda-municipal.
Nº 02/2011 do vereador Toinho Olegário, onde pede que seja enviado oficio ao prefeito, solicitando calçamento da rua Maria Jeonar Ferreira da Cunha.
Nº 03/2011 do vereador Toinho Olegário, onde solicita que enviado ofício ao prefeito, solicitando a limpeza pública das ruas adjacências da cidade.
Nº 04/2011, do vereador Nixon Baracho, enviando oficio ao prefeito cópia de todos os contratos com os comerciantes do centro comercial, Terezinha Rodrigues (Donzela). Votaram a favor do requerimento: o autor do requerimento (Nixon), Dôra, Mê, Zé Pedro e Cabral.
Votaram contra: Antonio José, Toinho Olegário, Fernandinho e Zé de Zeca.
Como ficou empate, o presidente Cabral, votou favorável ao requerimento de Nixon.
Nº 05/2011 do vereador Nixon Baracho, solicitando o fornecimento de internet gratuita nas residências dos alunos da rede municipal.
A Câmara Municipal de Alto do Rodrigues, fez uma Moção de Pesar da morte do senhor Francisco Pereira da Silva, pai de Zilminha, sogro de Aluizio Sena.

Discurso da vereadora Dôra

Iniciou falando sobre saúde. A vereadora falou que por três vezes, uma paciente foi ao hospital pegar o remédio Amoxicilina e não tinha. "É uma falta de respeito com as pessoas", comentou Dôra.
Com uma semana de aula, uma funcionária informou a Dôra, que as crianças estão saindo às 09h, por falta de merenda escolar.
Falando em carnaval, a vereadora lembrou que a uma banda que tocou no carnaval do ano passado, ainda não recebeu da prefeitura. O vereador Mê, completou dizendo que o filho (que tem uma banda) também não recebeu. "é uma vergonha e falta de respeito", frisou Dôra.

A edil do PP disse no plenário que o prefeito fica usando a rádio  e dizendo que os vereadores não querem que seja feito o saneamento básico. "Não cabe na cabeça de uma pessoa, um vereador não querer o melhor para a cidade, tenha santa paciência", comentou Dôra. A vereadora comentou que o prefeito é tão incompetente e sabe que não fará esse saneamento básico até sair.
"Enquanto o prefeito não pagar o que deve, não atenderemos os pacientes de Alto do Rodrigues", disse uma atendente de uma clínica em macau à uma paciente.

A vereadora não ficou surpresa, pois a falta de pagamento é comum na gestão do prefeito Eider Medeiros, mas viu como a paciente ficou em estado de choque, visto que, a paciente queria ser atendida por plano de saúde e não na rede pública.

Os PSF´s não estão funcionando por motivo de falta de gaze "será que os funcionários da saúde, estão tirando o material?", questiona Dôra.
 
Vereador Jonas Augusto de Souza (Mê)
No posto de saúde de Barrocas, uma dona de casa, foi ao posto, mas não tinha um remédio para dar. "Eu comprei o remédio para amenizar a dor da dona de casa", frisou.
 
Discurso do vereador Nixon Baracho.
 
Infelizmente não temos respostas positivas ao povo, mas não posso deixar de levar uma palavra de incentivo.
Nixon falou sobre o requerimento de Toinho Olegário que desde  ano passado, ainda não foi atendido pelo prefeito, mostrando um total descaso e falta de atenção com esses vereadores.
 
NIXON PEDE CPI PARA LIMPEZA PÚBLICA
Foram feitos vários pedidos ao executivo sobre a limpeza pública da nossa cidade. 
Vereador quer saber o valor exorbitante que a prefeitura paga a empresa quase TCL, que gira em torno de R$ 165 mil. Aparte de Dôra, comenta que o prefeito disse na rádio, que o povo é que têm que limpar a frente da Casa.
 
TERRENOS EM TABATINGA
O vereador pede à presidência informações sobre o terreno em Tabatinga, onde foram construidas casas populares e, se faz necessários saber se o prefeito enviou pedido de doação de terrenos.
 
FALTA TRANSPARÊNCIA
Vereador quer saber o motivo dos secretários não comparecerem à essa Casa, pois já foram feitos vários pedidos, com a presença de secretários, para dar explicações sobre vários assuntos e, até agora ninguém apareceu.
 
Nixon lamenta a falta de comunicação, onde pacientes que foram enviados à Macau, não foram atendidos, sendo reenviados para Assu. Dôra, disse que em outros tempos, isso não acontecia "a vergonha é saber que gestantes, precisam se humilhar para conseguir uma ordem para ser atendido pelo médico", comentou.
 
"Não sou contra o campeonato, até patrocino, mas precisamos saber até que ponto é inconstitucional usar o nome do prefeito em um evento esportivo da cidade", comentou Nixon Baracho.
 
De acordo com Nixon, os transportes continua sendo o problema, pois ainda faltam ônibus. O contrato da Van é de R$ 4 mil reais para levar pessoas do prefeito, enquanto o povo fica sofrendo, com a falta de ônibus para os estudantes de Macau e Assu.
Será que só tomarão providência quando acontecer uma tragédia? Vou cobrar, irei lutar por melhoria do nosso povo", finalizou Nixon.
 
Discurso do vereador Zé Pedro (DEM).
 
Hoje pela manhã, fui ao hospital, a dipirona que tinha no hospital, só dava sete gotas. "O prefeito Eider está desviando a verba da saúde", denuncia.
A reportagem de domingo, na rede globo, sobre os desvios de dinheiro público nas cidades do estado do Pará, é igual a nossa cidade. Com uma receita de quase 3 milhões de reais e deixar faltar dipirona é uma vergonha.
 
Zé Pedro concorda com o colega Nixon
Precisamos colocar freio e uma rédia nesse prefeito. O prefeito prorrogou o contrato de limpeza para que a empresa continue trabalhando na cidade. Recebendo mais de R$ 165 mil, aqui só perde para Assu.
"Com uma população de 58 mil habitantes, a cidade de Assu, paga R$ 180 mil e a nossa cidade com apenas 12 mil habitantes e paga R$ 165 mil" disse o edil do DEM.
Aparte de Dôra, lembra que a cidade que vinha crescendo e se desenvolvendo, agora parou no tempo.
 
"Eu queria saber porque os funcionários da prefeitura é que tem que limpar a rua, enquanto os funcionários da TCL não fazem o trabalho como deveria", questiona Zé Pedro.
 
A vergonha no esporte é grande. Vai acontecer o campeonato de futebol de campo, e sabe qual será a premiação? O campeão fica com R$ 600 e o vice com R$ 500. O pior é que os times, terão que pagar uma taxa de inscrição de R$ 50. "Se o prefeito acha que vai brincar com o dinheiro público, ele tá enganado", disse Zé Pedro. De acordo com as palavras de Zé Pedro, os vereadores irão fiscalizar como e onde estão sendo gasto o dinheiro do povo.
 
PELA METADE
O edil lembra que o prefeito começou a obra da Avenida Angelo Varela, iniciou a cobertura da Praça da Alimentação e não concluiu. Começou a Praça dos mototaxis e a quadra do bairro de São Francisco e não terminou e, o dinheiro onde está desses convênios? Só faz as obras pela metade", dispara Zé Pedro.
 
"Doar terrenos sem autorização da Câmara, é um ato improbidade administrativa, o prefeito pode perder até o mandato, caso seja comprovado essas arbitrariedades contra o povo" avisa Zé Pedro.
 
Depois do carnaval, os vereadores já começarão a investigar o prefeito e será formado várias CPI´s, para que a cidade possa viver melhor, uma merenda melhor para os alunos.
 
Antes de finalizar, Nixon pediu a palavra para 'agradecer' aos colegas vereadores que votaram contra o requerimento do vereador Nixon, que pede explicações sobre os contratos dos comerciantes, centro comercial Terezinha Rodrigues (Donzela).
 
 ALTO DO RODRIGUES

Alto Astral estréia hoje
O campeonato de blocos, que acontece todo ano, nas prévias do altofolia, começou ontem, mas o bloco Alto Astral, fará estréia hoje à noite, às 19h.

Sorteio de abadás
Hoje, depois dos jogos, no Bar, Churrascaria e Pizzaria do Mano, acontecerá mais um sorteio, uma ótima oportunidade para os foliões adquirirem o tão sonhado abadá do Alto Astral. O bloco mais bonito da avenida, vem "arrebentando a boca do balão" como diz o ditado popular, com as bandas Oz Bambaz e Garota Safada.

Legislativo
Sessão ordinária da Câmara Municipal, logo mais, às 20h. Muitas novidades, de acordo com os assessores dos vereadores.

Ainda vamos falar sobre o caso Eudes e a cirurgia de Francleide, além de uma matéria especial sobre o a situação do esporte no Alto do Rodrigues.

Já estamos trabalhando na edição especial dos 48 anos de emancipação do Alto do Rodrigues, ainda sem nada para comemorar.


 PENDÊNCIAS

Hoje tem prévia do carnaval, com trio Ovny e banda Axé Mais, festejando mais um sucesso do bloco "Os Parceiros". A festa acontecerá depois dos jogos, no ginásio de esportes Oto Bezerra.

LEGISLATIVO

FRANKLIN, AVALIA COMO TRANQUILA A PRIMEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL.

(as fotos dos vereadores iremos colocar na sequencia)

A primeira sessão presidida pelo vereador Franklin de Lima Teixeira (PPS), foi avaliada como tranqüila. Na pauta apenas o Projeto de Lei do executivo, que cria o Conselho Gestor Municipal do Telecentro, onde depois de analisado pelas comissões poderá ser votado na próxima sessão, que acontecerá no dia 15 de março, já que, no dia 08 é feriado nacional, em virtude do carnaval. A Casa recebeu um bom público e a presença de oito vereadores, ausência apenas da vereadora Zilda da Costa Silva (PT). O prefeito enviou ofício à Mesa, informando que no dia 22 de março, irá se fazer presente, para fazer a leitura anual das ações do executivo para 2011.

HOMENAGEM:
A vereadora Dra Tácia Liane, homenageou antecipadamente o dia da mulher que é comemorado no dia 08 de março.

COMISSÕES:
Na sessão de ontem, também, foi escolhido os nomes da nova Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. Atendendo ao pedido do vereador Fernando Antonio, o presidente antecipou a eleição da nova formação da comissão, que seria feito no final dos discursos, mas como Fernando Antonio, teria que sair antes do final, foi aprovado a antecedência da escolha. O vereador João do Leite preside, Dra Tácia Liane é a relatora e tem como membros: Januncio Freitas, Zilda da Costa e Silva e Fernando Antonio Bezerra.

CARNAVAL
Como na próxima terça-feira (8), não acontecerá sessão ordinária, devido ao carnaval, a sessão seguinte ocorrerá no dia 15, de março. Na oportunidade, Carlinhos, solicitou à rádio comunitária, que repita na próxima terça-feira, a sessão da noite de ontem.

DISCURSOS:
Acompanhe os principais de Carlos Montenegro, Egrinaldo Leonês, Isac Carlos, Fernando Antonio, Januncio Freitas, João do Leite, Dra Tácia Liane e do presidente Franklin Teixeira.

CARLOS DA FONSECA MONTENEGRO (PSDB)
O edil fez dois requerimentos verbais, o primeiro, seria o término da construção do posto de saúde de Pedrinhas, que ainda está no alicerce, além disso, Carlinhos solicitou que neste prédio seja homenageado, José Filho Barbosa, que foi um dos homens importantes no distrito. A Praça para o distrito de Pedrinhas, obra que está parada, sem explicações. O segundo requerimento verbal é para que a seja enviado ofício ao executivo sobre a empresa que ganhou a licitação e o valor da obra da Avenida Domingos Praxedes.

Ivan, prefeito de obra iniciada e não concluída.
Pelas informações do vereador Carlos Montenegro, o prefeito Ivan Padilha só faz iniciar as obras e não conclui. “Só há uma obra concluída, a reforma do cemitério público”, ressaltou Carlinhos. “Avenida Domingos Praxedes, Avenida Félix Rodrigues, conjunto Rocklândia, são algumas das obras iniciadas e não concluídas”, comentou Carlos Montenegro. O edil pede aos colegas da Casa, que juntos, possam fiscalizar essas obras, que foram licitadas e até agora não foram concluídas. De acordo com Carlos Montenegro, há indícios de irregularidades na obra da Domingos Praxedes, “mas só vou me pronunciar, quando eu tiver um parecer dos documentos em mãos”, ressaltou.

Por que o prefeito pagou contas de saúde do irmão com cheque da prefeitura?
Essa pergunta foi feita por Carlos Montenegro, em seu discurso na noite de ontem. O vereador disse que irá mostrar em breve a cópia do cheque e entregará uma cópia ao líder da bancada do prefeito, (vereador Fernando Antonio), para questionar à Ivan, o por quê do prefeito ter pago conta de saúde do irmão Rogério de Souza Padilha, com cheque da prefeitura.

EGRINALDO LEONÊS (PV)
O vereador disse que a CPI, (processo administrativo 011/2010) está iniciando com todo vapor. Foi quebrado o sigilo bancário da prefeitura, onde o Banco do Brasil está encaminhando à Comissão, as fotocópias solicitadas. Já se encontra a disposição dos vereadores mais de cem fotocópias de cheques das contas do FUS (Fundo de Saúde, movimentada pelo prefeito e pela secretária de saúde), Royalties, ISS e ICMS (todas movimentadas pelo prefeito e secretário de finanças do município) de 2009 e 2010.

Visita - Egrinaldo Leonês vê muito coragem no gestor municipal em tais manobras com os recursos públicos e garante que depois do carnaval, a comissão da CPI visitará a prefeitura e as secretarias envolvidas que receberam esses recursos, para fazer acareações de documentos e contas prestadas pelo prefeito “A intenção é comparar as cópias de cheques emitidos pela prefeitura, iremos analisar caso a caso, para chegarmos ao ponto culminante”, disse o edil.

Pedrinhas – Egrinaldo convidou Isac e demais vereadores para visitar a Escola do distrito, onde segundo os moradores, a situação é crítica. É apenas uma sala muito pequena para um grande número de alunos. O prefeito anda esquecendo a comunidade de Pedrinhas.

Comissão Processante 010 - O vereador pevista disse que esse processo já foi concluído, bastando apenas à Justiça se pronunciar e deverá fazer isso em breve, para o bem do povo de Pendências. Já o prefeito Ivan Padilha administra a cidade, através de uma liminar, mas está com seus (do prefeito) direitos políticos cassados.

Receita – A cidade de Pendências já acumula bastante dinheiro, pois só em janeiro de 2011, a prefeitura já arrecadou R$ 3.164.202,36.  Nos últimos dois meses, já entraram nos cofres públicos quase R$ 7 milhões de reais.

União dos Vereadores – A população de Pendências precisa analisar que só depois desses corajosos vereadores se unirem em prol de uma única causa justa para essa comunidade, foi que o prefeito resolveu iniciar algumas obras pela cidade, mas depois de junho de 2010. Infelizmente o prefeito tenta colocar as pessoas contra os vereadores, dizendo que não faz muito mais, por que os vereadores não deixavam. “Muito pelo contrário, o prefeito só fez alguma coisa, depois que essa Casa se uniu”, disse Egrinaldo.

Um brinco – O edil comentou que Ivan Padilha, enquanto candidato, dizia nos palanques que com apenas um milhão de reais, deixava Pendências, um brinco e, esse valor não corresponde aos valores que foram recebidos.

Pelo trabalho que está sendo desenvolvido, Egrinaldo acredita que um dia, o povo sentirá saudades dos vereadores, da luta dos edis, em favor do povo da cidade de Pendências. “Eu só espero que antes de passar a prefeitura para outra pessoa, o prefeito conclua alguma obra”, frisou Egrinaldo Leonês (PV).

O prefeito de Pendências pensou que administrar a prefeitura é igual administrar o parque de vaquejada da família, ele pensou que seria como oficial de justiça, que é só entregar na casa de alguém. Administrar a coisa pública é dar legalidade aos atos do executivo.

Veja ainda os discursos de Isac Carlos, Fernando Antonio, Januncio Freitas, João do Leite, Tácia Liane e as palavras do presidente Franklin de Lima Teixeira.

terça-feira, 1 de março de 2011

 PENDÊNCIAS

Sessão da Câmara pelo twitter, a partir das 20h.

www.twitter.com/altonoticias

Temos novidades sobre a cirurgia de Eudes e a de Francleide. Aguardem!!!
 ALTO DO RODRIGUES

Prefeitura têm condições de pagar cirurgia

Menos de R$ 4 mil reais. Esse é o valor da cirurgia que o jovem, Eudes, precisa fazer com urgência. Eudes, se envolveu em um acidente, no mês passado e, amigos é que estão fazendo uma 'vaquinha' para ajudar a realizar a cirurgia, para que o o professor de dança não perca a perna.


De acordo com pessoas ligadas à Eudes, a prefeitura informou que não podia pagar totalmente, mas ajudava em combustível, mas a cirurgia mesmo, não podia pagar.

No mês passado, o município recebeu em seus cofres a gorda quantia de R$ 2.342.385,51. Isso mesmo, DOIS MILHÕES, TREZENDOS E QUARENTA E DOIS REAIS, TREZENTOS E OITENTA E CINCO REAIS E CINQUENTA E UM CENTAVOS.

Para o governo Eider Medeiros, isso é (mais) uma vergonha.

 PENDÊNCIAS

Câmara inicia hoje período Legislativo.
Logo mais, às 20h, os vereadores da Câmara Municipal, darão início aos trabalhos Legislativos

G7, firme e forte.

Isac Carlos (PT), Carlinhos (PSDB), Franklin (PPS), Januncio (PSB), João do Leite (DEM), Dra Tácia (PRB) e Egrinaldo Leonês (PV).

O grupo dos vereadores que fazem oposição ao prefeito municipal, continua mais unido do que nunca, estão firmes e fortes.
Nos discursos de hoje à noite, o público presente e os ouvintes da rádio comunitária, que faz as transmissões das sessões, terão oportunidade de ver e ouvir, muitas novidades.
O G7 é formado por sete vereadores de partidos diferentes, mas com um mesmo pensamento. Legislar e fiscalizar o dinheiro público que, segundo os edis, boa parte estão sendo (e já foram) desviados pelo chefe do executivo municipal.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

 LEGISLATIVO

Deputado George Soares reivindica pela recuperação, melhoria e ampliação do Campo de Aviação de Assú

O deputado estadual George Soares apresentou na última semana uma proposição que reivindica da Secretaria Estadual de Infraestrutura e do Departamento de Estradas e Rodagens – DER, as ações de recuperação, melhoria e ampliação do Campo de Aviação de Assú.
A proposição atende o pleito de populares em virtude de, atualmente, o campo estar em situação caótica, necessitando urgentemente de ações na sua pista de pouso, como a ampliação e recuperação; e, a instalação de iluminação e sinalização apropriada. Já nas dependências do Campo de Aviação, foi solicitado as construções de um hangar para as aeronaves que pousam, e de um Terminal (Posto de Apoio) com acomodações que atenda as necessidades dos pilotos, auxiliares e de quem mais precise.
O parlamentar afirma que a pista de pouso está em situação deplorável, e necessita urgentemente dessas ações de recuperação e melhorias na cidade pólo de uma das regiões mais frutíferas do nosso estado, e acredita que se pode reverter essa situação em curto ou médio prazo, vai depender apenas da sensibilidade do governo estadual.

Fonte: Assessoria
 ARTIGO

UMA VISÃO LEGAL SOBRE A SUPLÊNCIA NO PODER LEGISLATIVO

Recentemente, a decisão liminar proferida pelo Supremo Tribunal Federal em que a vaga dos suplentes nas casas legislativas seriam dos partidos e não da coligação trouxe intranqüilidade aos partidos e as mesas diretoras das casas legislativas que realizam a convocação e a posse dos suplentes, nesse breve estudo vamos buscar a visão legal.

Muito embora seja uma prática a condução do candidato mais votado pela coligação à vaga de suplente, analisando a luz do art. 112, I do Código Eleitoral a redação refere-se a “mesma legenda”, ou seja, a vaga é do partido e não da coligação, interpretação induvidosa do dispositivo noticiado, ademais, a norma não se refere a suplente da coligação, pois essa se desfaz após a eleição e deixa de atuar no mundo jurídico, pelo menos neste aspecto de interesse dos coligados, ressalvadas as representações até a diplomação e a AIME 15(quinze) dias após o ato declaratório do eleito, então, resta unicamente a coligação para os efeitos do art. 107 do mesmo diploma, que é o aproveitamento do quociente eleitoral, em análise simples, os partidos se coligam com a única intenção de atingir o quociente eleitoral, diga-se mais, as coligações se desfazem após a apuração da eleição, deixando de existir e devolvendo a individualização do interesse de agir aos partidos, uma vez que à época da coligação esse interesse de agir no micro processo eleitoral que compreende entre o registro e a eleição fica restrito a coligação que passa a substituir os partidos coligados.

Nesse compasso, as casas legislativas devem empossar os mais votados dos partidos respectivos, o que não causaria injustiça, pois o partido que teve o mais votado tem que proteger sua representação, e não causa de igual modo qualquer prejuízo ao mais votado da coligação, haja vista que o referido partido não elegeu aquela vaga.

Poder-se-ia alegar que o mais votado das coligações contribuíram para atingir a legenda, e assim, o eleito deveria ter a obrigação por razoabilidade de ser substituído pelo imediatamente mais votado na coligação, contudo, restaria afrontada a lei que prevê como suplente “I - os mais votados sob a mesma legenda e não eleitos efetivos das listas dos respectivos partidos;”(art.112, I).

Noutro aspecto, emanado do entendimento firmado pelo TSE e confirmado pelo STF quanto a fidelidade partidária anotada pela Res. nº 22.610/2007, caso fosse adotado o entendimento da suplência pela coligação, estaria o partido perdendo sua representação partidária, surgindo um novo instituto do direito digitado de representação da coligação, o que não seria possível diante da regra constitucional que é partidária.

Ressalte-se por último, que caso venham a inexistir as coligações diante desta nova interpretação, os partidos continuam prestigiando os mais votados independentes de coligações, já que o art. 111 do Código Eleitoral prevê a eleição dos mais votados dos partidos mesmo sem atingir o quociente, isso é, caso nenhum atinja individualmente, demonstrado que a intenção do legislador foi proteger os partidos.

Mauro Gusmão Rebouças
Advogado - UFRN
ALTO DO RODRIGUES

NIXON BARACHO DENUNCIA IRREGULARIDADES DO GOVERNO EIDER MEDEIROS.




Vereador inicia seu pronunciamento respondendo ao secretário de comunicação do Alto do Rodrigues e blogs anônimos, onde pessoas ligadas ao prefeito ficam maculando a imagem das pessoas de bem. Nixon disse que o vereador não administra verba, apenas muitos problemas da população, “o vereador é cobrado de manhã, a tarde e a noite”, comentou.

Requerimentos de sua autoria, em prol da população:
- aumentar o perímetro urbano da cidade;
- Criação da colônia dos pescadores, embora o prefeito não apóie e não estimula;
- Isenção da taxa de cemitério;
- Espaço para os amantes do motociclismo;
- Grupo de gerador de energia para o hospital, é inadmissível faltar energia, enquanto uma criança estar tomando nebulização, por exemplo; De acordo com as palavras de Nixon, esse equipamento custa em média R$ 5 mil. “Enquanto isso, o secretário de comunicação usa jogo de rodas do carro que custa quase R$ 20 mil”, alfinetou o edil.
- Orçamento participativo, onde a população é quem determinava as prioridades;
-  Iluminação de ruas;
- Criação da área de lazer no rio. “A prefeitura tem condições para isso”, frisou.

“Nossa cidade é deficiente de bons governantes”, essa foi a afirmação do vereador Nixon, a respeito da administração do prefeito Eider Medeiros.

Município pode perder convênios por irresponsabilidades
Convenio da prefeitura governo federal no Projeto Caminho da Escola, no valor de quase R$ 201 mil reais e se encerra no mês de abril. Essa verba está à disposição da prefeitura desde dia 18 de dezembro do ano passado. “Afinal, o que está faltando para comprar desse ônibus?”, questiona Nixon.

No portal da transparência existe vários convênios para construção de um tratamento de resíduo de lixo, com capacidade para 11 toneladas por dia. O valor da obra é de R$ 800 mil, mas o vereador não entende como a prefeitura não tinha apenas R$ 16 mil, para dar a contrapartida e, o pior, o prazo de vigência foi no dia 31 de dezembro de 2010.

Na Praça da alimentação o caso é gravíssimo, pois o dinheiro do convênio já está no caixa desde ano passado, no valor de R$ 117 mil, o prazo para acaba no mês de março, será que perderemos essa grande obra?

O vereador questiona o motivo de tantas obras paralisadas na cidade. A usina de leite, um convênio no valor de R$ 99 mil, não foi concluída,o dinheiro já está na conta da prefeitura, desde novembro a contrapartida da prefeitura é de apenas R$ 9 mil reais e corre o risco de perder o convênio e o dinheiro voltar para o governo federal.

Dinheiro e caixa dois.
Para o vereador Nixon, os boatos na rua de que o prefeito não perderá a próxima eleição, por que tem muito dinheiro, pode ser verdade mesmo. “Com tanto dinheiro guardado, sem fazer nada pela cidade, só pode ser usado mesmo para fazer caixa dois para a campanha do próximo ano”, alerta o edil do DEM.

Nixon cobra compromisso e união dos colegas
Pelas palavras do edil, é de suma importância que todos os vereadores se unam para buscar melhorias para a população que está sofrendo com a atual administração “reitero, se essa Casa não funcionar é melhor que fique fechada. A Câmara tem que funcionar e cobrar tantos atos irresponsáveis por parte do executivo”, palavras de Nixon.


A MÁSCARA QUE ESCONDE A VERGONHA DOS COVARDES


A máscara nem sempre é sinônimo de anonimato, camuflagem, disfarce. Ela pode representar o bem ou ter o status do mal. Da antiguidade ao nosso tempo, nas mais variadas culturas, ela tem servido a diversas manifestações.

No artigo 5º, IV,  da Constituição do Brasil, está expresso como um direito fundamental que “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”. Simplificando: eu, você, nós podemos – em tese e conforme a lei – nos pronunciar sobre o que pensamos, mas desde que às claras, sem uso de artifícios como nome/endereço falso.
Cada um deve responder por eventuais excessos na forma da lei.

“Persona” era o nome da máscara que atores do teatro grego usavam. A palavra é derivada do verbo personare (“soar através de”). Cada persona dava uma identidade própria ao artista e o ajudava até na formatação da fala. Entretanto os gregos não têm o privilégio dessa invenção.

As máscaras remontam há cerca de 30.000 A.C. Tinham e possuem inúmeras utilidades até hoje. No Egito antigo eram obrigatórias. Ajudavam os faraós e sua família na passagem à vida eterna.

Romanos as colocavam em cerimônias religiosas. Na China serviam para afastar maus espíritos. O mesmo sempre ocorreu entre povos indígenas em todos os continentes, com seus líderes religiosos as usando em cerimônias de culto aos deuses, casamento, rituais de cura ou convocação à guerra.

Na Itália medieval e renascentista, virou Pierrot, Colombina e Arlequim. Passou a ser uma marca multissecular de Veneza, símbolo do carnaval no século XV. Um pulo para chegar ao Brasil do século XX, ganhando as ruas e clubes, com graça ou forma de crítica política e social.

Entre tribos africanas, a máscara sempre teve forte conotação religiosa, como símbolo de uma sociedade e força espiritual, encantando o explorador europeu.

No imaginário infanto-juvenil, a máscara lembra herois. Pode ser o Zorro, em permanente defesa da liberdade, com capa e espada. O Capitão América, nascido em plena Segunda Guerra Mundial, como ícone da propaganda patriótica norte-americana.  

Verdugo
Mascarados, eles tinham no anonimato uma forma de segurança à sua própria luta contra o mal. Anonimato justificável, voltado para o interesse coletivo.
“Anonimato” vem do grego: significa “sem nome”. Em alguns países é permitido ao cidadão ocultar sua própria identidade. É uma forma de fazer valer o direito à privacidade, desde que não seja usado para ações ilegais.

No Brasil e em outras partes do mundo, há quem consiga até mudar de nome e rosto, como garantia à própria preservação física, depois de colaborar como depoente em cruzadas contra o crime organizado. Outra boa razão para se esconder, que se diga.

Mas o que justificaria pessoas com espaços na imprensa, meios financeiros consideráveis, poder institucional, pleno conhecimento da lei, boa formação familiar e inserção social, utilizarem uma máscara na Internet? Por que fazer uso do anonimato para agredir outras pessoas, promover linchamento moral e expor até mesmo criança recém-nascidas à ridicularização? 

Em períodos  de exceção, o anonimato sempre foi uma arma letal para enfrentar o arbítrio, em necessário combate. Contudo em épocas de normalidade democrática, esse artifício nem sempre tem um papel decente. Há quem o transforme num crime que mistura deslealdade com canalhice.

Degrada vítimas, mas sobretudo revela a baixa estatura moral de seus autores.

O verdugo que acionava a guilhotina na França, para cortar o pescoço de desafetos dos donos do poder, não tinha um capuz sobre a cabeça por vergonha do seu trabalho como destacado “servidor público”. Era à sua própria proteção. Precisava guardar o anonimato.

Quem cria e produz uma página na Internet, sem identificação, para manifestar seus distúrbios psicossociais, nem carrasco consegue ser. Sua primeira vítima é a própria identidade, que desonra por não se sentir bem sendo o que é: um covarde. Vergonha para a própria família.

Fonte: Carlos Santos.

 CARAVANA DO VALE 

No Alto do Rodrigues












Em Pendências